“A Partícula de Deus” ou “Bóson da Criação”

 




“A Partícula de Deus” ou “Bóson da Criação”, nomes denominados ao bóson de Higgs (Bosão em português ou bóson em inglês e cientificamente bó.son). Partícula de spin(1) inteiro que obedece à estatística de Bose-Einstein (mésons(2), fótons(3) e etc.) e foi predito inicialmente em 1964 pelo físico britânico Peter Higgs(4), trabalhando as ideias de Philip Anderson (5), daí a denominação de Bóson de Higgs.


Tida como uma partícula elementar bosônica de modelo padrão surgida após ao Big Bang (6) com escala maciça predita hipoteticamente validando os modelos atuais de partículas confirmado em março de 2013 em caráter provisório. Ela representa a chave que explicaria a origem da massa de outras partículas elementares. Em sua maioria, todas as partículas são conhecidas e previstas se dividindo em duas classes, a saber: Férmions (7) (partículas com spin da metade de um número ímpar) e bósons (partículas com spin de número inteiro).

Fenômenos físicos que fazem com que certas partículas elementares possuam massa e que haja entre as forças eletromagnéticas (fótons interagindo) e pela força fraca (bósons interagindo) são extremamente críticas em vários aspectos da estrutura de matérias microscopias e macroscópicas. Desta forma, o bóson de Higgs teria um efeito fundamental na compreensão de tudo que existe em torno de nós, do nosso mundo ao universo em geral. Ou seja, o bóson de Higgs seria a peça que estava faltando para se entende o grande quebra-cabeça que representa toda e qualquer matéria dos universos.

Peter Higgs, trabalhando sob as teorias de Philip Anderson, predisse a existência do bóson em 1964, como foi dito acima. Mas, o trabalho científico para confirmação de tal partícula carecia de uma tecnologia mais avançada. Porém, em meados de 2008 com a inauguração do Grande Colisor de Hádrons (LHC - sigla em inglês), o maior acelerador de partículas do mundo, cientistas anunciaram, após suas pesquisas, a confirmação da existência das partículas bóson de Higgs.

Com o poderoso acelerador de partículas, cientistas iniciaram a procura do bóson em faixas energéticas mais estreitas e em dezembro de 2011 encontraram limites energéticos entre as faixas de 116-130 GeV (8), segundo a equipe ATLAS (9), e entre 115 e 127 GeV de acordo com o CMS(10). Anunciou-se então, em julho de 2012, que com massa entre 125-127, uma partícula desconhecida foi observada, suspeitando-se na época de se tratar do bóson de Higgs. De acordo com as várias formas preditas pelo Modelo Padrão, provaram que tal partícula interagia e decaia, além de constatar que ela possuía paridade positiva e spin nulo, características fundamentais do bóson de Higgs, confirmando assim, a existência de tal partícula.  

 

Para que entendamos tudo melhor...

 

Bósons. A física moderna afirma que tudo que existe está contido em 17 partículas elementares. Tais partículas dividem-se em dois grupos que são os férmions e os bósons.

Férmions são divididos em seis tipos de quarks e seis de léptons. Os quarks são o conjunto de prótons e nêutrons que formam um núcleo atômico. Já os léptons, entre outras partículas, carregam ou constituem o elétron, tudo dentro de um núcleo atômico.

Os bósons, carregam consigo outros cinco tipos de partículas. Entre elas, os fótons que são partículas de luz e a referida partícula do bóson de Higgs.

Qual a importância do bóson de Higgs?

Este tem sua importância fundamental por fazer entender ou explicar como os átomos adquirem massa para compor toda a matéria existente.

Após a grande explosão, a chamada Big Bang que originou o universo, aproximadamente 13 bilhões de anos, formou-se um intenso campo de partículas de Higgs que foi o responsável pela desaceleração e o resfriamento das inúmeras e variadas partículas elementares. Esta ação do campo de bósons, possibilitou a criação de estrelas, planetas e tudo que há no universo. Ou seja, sem a presença dos bósons nada existiria, daí o apelidarem de “A Partícula de Deus” ou “Bóson da Criação”.

A confirmação da existência do Bóson de Higgs, proporcionara novos caminhos e outra tantas descobertas trazendo visões futuras reformulando a Teoria do Campo Unificado agrupando partículas de Modelo Padrão com a Teoria gravitacional e nos mostrar e fazer entender os vários mistérios do universo, como por exemplo, o da energia escura.

Tudo graças aos investimentos de aproximados 10 bilhões de dólares feito pelo CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear) construindo em 2008 nas fronteiras de França e Suíça, o Grande Colisor de Hádrons (LHC - sigla em inglês), o maior acelerador de partículas do nosso mundo.

 

ALERTA.

Mas, em meio as confirmações de tais pesquisas, uma voz se fez ouvir para advertir aqueles que estão na frente das pesquisas.

Em 1972, o conceituadíssimo físico Stephen Hawking (1942/2018) advertiu seus colegas cientistas para o perigo contido nas partículas do bóson de Higgs. Alertou-os para a possibilidade real de tal partícula se tornar instável e provocar o fim do mundo. Ele afirmou que, em altos níveis de energia, os bósons podem se tornar instáveis adquirindo o potencial para destruir não só mundo como todo universo. Stephen Hawking ainda acrescentou ao seu alerta que uma catastrófica implosão da matéria criaria uma imensa bolha de vácuo, expandindo-se a velocidade da luz causando um colapso do espaço e do tempo. Desta forma, tudo deixaria de existir sem nenhum aviso prévio sem que pudéssemos tomar qualquer medida para conter tal implosão ou destruição.

Mais não se preocupem, pois o falecido físico, na época, consolou a todos dizendo: “Para criar o bóson de Higgs com a energia que pudesse provocar o fim do mundo, tínhamos que ter um acelerador do tamanho do nosso planeta”.

É... mas, para destruir, o homem supera-se...

 

 

A saber:

1 - Spin - Momento cinético próprio do elétron ou de outra qualquer partícula, devido à rotação da partícula sobre si mesma. Plural: spins.

2 - Meson - Partícula. subatômica constituída por um quark e por um antiquark, que se aniquilam mutuamente, descoberta nos raios cósmicos que tem uma massa compreendida entre a do elétron e a do próton. (Conhecem-se vários tipos.) Plural: mésones ou mésons.

3 - Foton - É a partícula elementar mediadora da força eletromagnética. O fóton também é o quantum da radiação eletromagnética (incluindo a luz). A palavra photon foi criada por Gilbert Lewis em 1926. Em outras ocasiões, um fóton se comporta como uma onda, tal como quando passa através de uma lente ótica.

4 - Peter Ware Higgs (Nasceu em Newcastle em 29 de maio de 1929) é um físico teórico britânico e professor emérito da Universidade de Edimburgo. Foi laureado com o Nobel de Física de 2013, juntamente com François Englert, pela descoberta do mecanismo de Higgs (bósons W e Z)

5 - Philip Warren Anderson (nasceu em Indianápolis, 13 de dezembro de 1923 - Faleceu em Princeton, 29 de março de 2020) foi um físico estadunidense. Recebeu o Nobel de Física de 1977, por estudos teóricos fundamentais das estruturas eletrônicas magnéticas e de sistemas desordenados. Foi um dos que assinaram uma petição para o presidente Barack Obama em 2015 para que o Governo Federal dos Estados Unidos fizesse um pacto de desarmamento nuclear e de não agressão.

6 – Big Band - é a teoria cosmológica dominante sobre o desenvolvimento inicial do universo. Os cosmólogos usam o termo "Big Bang" para se referir à ideia de que o universo estava originalmente muito quente e denso em algum tempo finito no passado. Desde então tem se resfriado pela expansão ao estado diluído atual e continua em expansão atualmente. A teoria é sustentada por explicações mais completas e precisas a partir de evidências científicas disponíveis e da observação. De acordo com as melhores medições disponíveis em 2010, as condições iniciais ocorreram há aproximadamente 13,3 ou 13,9 bilhões de anos. Por outro lado, de acordo com pesquisadores usando observações do telescópio Atacama Cosmology, suas pesquisas em 2020 sugerem que o universo tem cerca de 13,8 bilhões de anos.

7 - Um férmion (português brasileiro) ou fermião (português europeu) é uma partícula que tem spin semi-inteiro e obedece à estatística de Fermi-Dirac Recebem este nome em homenagem ao físico Enrico Fermi. Todas as partículas elementares ou são férmions ou bósons.

8 - GeV - [Física, Metrologia] - Símbolo de giga elétron-volt

9 - Equipe Atlas - ATLAS - sigla inglesa de A Toroidal LHC ApparatuS (Dispositivo Instrumental Toroidal para o LHC) é um detector que utiliza um eletroíman toroidal onde o campo magnético fecha-se sobre si-mesmo no ar, e é uma das seis experiências do LHC do CERN conjuntamente com ALICE, CMS, LHCb, LHCf e TOTEM. O ATLAS é um detector de partículas semelhante ao CMS, mas de maiores dimensões e de concepção diferente. Tem por finalidade detectar o bosão de Higgs, partículas supersimétricas (SUSY) que são preditas pela teoria mas ainda não foram detectadas experimentalmente. A construção de ATLAS é o resultado de uma colaboração de 172 institutos provenientes de 37 países para um total de mais de 2 500 cientistas. Em 2016, após os pesquisadores do ATLAS e CMS relataram uma colisão inesperada em seus dados insinuando uma nova partícula, os físicos entraram em um estado júbilo..

10 - CMS - O Solenoide de Múon Compacto (do inglês CMS - Compact Muon Solenoid) é um dos detectores de partículas construídos no Grande Colisor de Hádrons, que irá colidir feixes de prótons no CERN, na Suíça. Para sua construção foram necessárias 2.600 pessoas de 180 institutos científicos diferentes. Está situado na caverna de Cessy (França). CMS tem uma forma cilíndrica, de 21 metros de comprimento por 15 de altura e 15 de largura, pesando aproximadamente umas 12.500 toneladas. Em 2016, após os pesquisadores do CMS e ATLAS relataram uma colisão inesperada[2] em seus dados insinuando uma nova partícula, os físicos entraram em um estado júbilo



Pesquisas e Texto.

Renato Galvão

Artistas Plástico, escritor 

e “duble” de Colunista.

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Destaque do mês

CAPIM DOURADO - O OURO DO CERRADO

Originário do Cerrado, uma verdadeira preciosidade, que são os fios dourados da sempre-viva que brota em campos do Mato Grosso, Mato Grosso ...

Preferidas do Público