Arte e Reciclagem: Como transformar o lixo em arte? Com Fátima Olímpio - 003 Encontro das Artes

 

 Arte e Reciclagem: Como transformar o lixo em arte? Com Fátima Olímpio

003 Encontro das Artes




 Conheça um pouco da história de Fátima Olímpio e sua relação com a arte em materiais reutilizados, além de sua pintura com técnicas diversas e lindas imagens.

Fátima trocou a agitação do Rio de Janeiro pelas belezas da Serra, aqui montou seu ateliê e hoje ministra aulas para amantes de pintura e criatividade, onde, com muito esmero combina vários elementos construindo e criando obras de arte inigualáveis. Esta entrevista foi veiculada na Teresópolis TV em 2018 e nos brindou com muita arte e cultura.
    No dia a dia utilizamos e descartamos muitos materiais sem nem pensar em como eles poderiam ser reaproveitados. Isso traz para a natureza de um modo geral muitos desgastes e até mesmo a responsabilidade pela morte de animais marinhos por todos os oceanos. Embora a cultura da coleta seletiva e reciclagem estarem cada vez mais presentes na sociedade, ainda falta muito para a educação da população atingir níveis mínimos de conscientização e de atitudes perante a um problema cada vez mais crescente. E fica difícil enxergar um futuro diferente para o produto descartado.
    Contudo, atitudes como a de Fátima Olímpio, trazem uma nova esperança para aqueles que desejam começar mas não imaginam como. Através da arte o "lixo" vira produto, de venda, de renda e de admiração. Que tal você experimentar também? Além de um meio de sustentabilidade e de proteção à natureza, você pode trazer muita alegria e paz para sua vida também.
Não é preciso ser um artista renomado nem muito criativo, basta entender a relação entre arte e reciclagem, e imaginar novos produtos a partir dos materiais “velhos”.
    O Projeto Cultural Encontro das Artes de Teresópolis, produzido por Cláudia Coelho, visa apoiar, valorizar e participar ativamente da construção da Cultura e da Arte em Teresópolis, abordando não só as artes manuais, mas também a Literatura, música, dança, pintura, escultura, teatro, cinema, fotografia, história em quadrinhos (HQ), jogos eletrônicos e arte digital.

    A arte está presente em nosso dia a dia a partir do momento em que nascemos. Desde as canções de ninar que cantarolavam para nós, até os livros que lemos ou filmes que assistimos no cinema, por exemplo. Cabe a todos nós, Seres Humanos, protegermos, zelarmos e valorizarmos os profissionais e a arte produzida.


Acesse as matérias no site: www.claudiacoelhoautora.com

Assista a entrevista:


Comentários