Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de setembro, 2020

RECEITA DA SEMANA - LASANHA

       Quem conhece desenhos animados e histórias em quadrinhos logo associa a lasanha ao gato Garfield, um gatinho simpático e gorducho que morre de amores por este prato delicioso... Mas, você sabe a origem dessa iguaria?     Os gregos deram origem a palavra “lasanon”, ela significa pote de quatro. Os romanos “pegaram emprestado” como “lasanum” e adaptaram para pote de cozinhar. Assim, os italianos utilizaram a palavra para definir o recipiente que faziam a comida, a lasanha.       Contudo, ainda há um mistério a ser resolvido sobre a origem desse prato, pois tem-se evidências que um prato muito similar era servido na corte do Rei Ricardo II no século XIV. Era conhecido como "loseyns" (lê-se lasan), esta receita também figurou no primeiro livro de receitas da Inglaterra.       A lasanha foi primeiro documentada no século XIII, quando foi usado num prato às camadas, esta versão mais antiga não incluía tomate, pois este ainda não tinha sido descoberto pelos Europeus. VA

Entrevista da Semana - Maison Capim Dourado

 Hoje o Jornal Alecrim traz pra você uma entrevista com um de nossos parceiros, a loja Maison Capim Dourado, que traz uma história incrível sobre essa arte que conquistou o coração do Brasil e do Mundo! Confira:

SONETO DE AMOR ETERNO - VINÍCIUS DE MORAES

 HOJE GUSTAVO LUCENA TRAZ MAIS UMA LINDA POESIA DO GRANDE ESCRITOR VINICIUS DE MORAES Com uma linguagem extremamente acessível, sedutora e cotidiana, Vinicius de Moraes vem encantando leitores ao longo de diversas gerações. Soneto do amor total Amo-te tanto, meu amor… não cante O humano coração com mais verdade… Amo-te como amigo e como amante Numa sempre diversa realidade Amo-te afim, de um calmo amor prestante, E te amo além, presente na saudade. Amo-te, enfim, com grande liberdade Dentro da eternidade e a cada instante. Amo-te como um bicho, simplesmente, De um amor sem mistério e sem virtude Com um desejo maciço e permanente. E de te amar assim muito e amiúde, É que um dia em teu corpo de repente Hei de morrer de amar mais do que pude. Criado em 1951, o  Soneto do amor total  é uma das mais belas declarações de amor existentes na poesia brasileira. Em apenas catorze versos,  consegue transmitir a amada a emoção do sentimento que carrega. Trata-se, ao mesmo tempo, de um amor de amig

A cura através das plantas

   A CURA ATRAVÉS DAS PLANTAS by Cláudia Coelho      Há muitos anos a fitoterapia é utilizada pelos seres humanos para a cura de várias doenças e incômodos. Neste artigo vamos descobrir um pouco mais sobre essa ciência que encanta o homem.     O uso de plantas, exceto as venenosas, beneficia nosso organismo, purifica e pode sim curar  algumas doenças e mazelas em geral.  As plantas possuem diversas vantagens sobre os produtos industrializados e químicos, e a principal delas é justamente o efeito prejudicial quando usados por um tempo prolongado. Sem falar é claro, nos chamados "efeitos colaterais".      Contudo, quando queremos tratar alguma debilidade ou doença em nosso organismo com o uso de plantas, devemos observar que o tratamento pode sim, demorar um pouco mais do que o pretendido. E isso torna-se muito complicado para pessoas que não tem paciência e constância.     Acompanhe conosco algumas hortaliças, legumes e frutas que fazem bem a saúde e que você deve incluir mais

RECEITA DA SEMANA - PUDIM

 OBA!!!! Eu amo doces... então esta semana trouxe uma delícia para a sobremesa! Pudim!!! VOCÊ SABIA? O Pudim veio de Portugal, surgindo no século XVI em conventos portugueses. Naquela época não existia o leite condensado, então usava-se o leite comum, ovos, farinha, açúcar e favas de baunilha! Os brasileiros amaram o doce, e não era para menos, fomos colonizados pelos portugueses, então, muitas iguarias acabaram por fazer parte da culinária brasileira.   O Pudim recebeu esse nome por sua consistência  cremosa e doce e devido a sua  cor. Essa receita era muito apreciada por todos e com o tempo as receitas foram evoluindo e com o surgimento do leite condensado veio a ideia de acrescentar essa novidade doce na receita tradicional.   O pudim não é mais o mesmo, ganhou um sabor bem mais adocicado que o primeiro feito em Portugal. Hoje, você encontra pudim de tudo quanto sabor, enfim, o pudim se revolucionou e ganhou versões e não param de conquistar nosso paladar!    INGREDIENTES:

SONETO DE FIDELIDADE - VINICIUS DE MORAES

 CONTINUANDO NOSSAS HOMENAGENS AO POETA, VINICIUS DE MORAES, TEREMOS HOJE A APRESENTAÇÃO DE GUSTAVO LUCENA COM O POEMA SONETO DE FIDELIDADE Obra de Vinicius de Moraes Poesia: O Caminho Para a Distância (1933) Forma e Exegese (1935) Ariana, a Mulher (1936) Novos Poemas (1938) Cinco Elegias (1943) Poemas, Sonetos e Baladas (1946) Pátria Minha (1949) Antologia Poética (1955) Livro de Sonetos (1956) O Mergulhador (1965) A Arca de Noé (1970) Teatro: Orfeu da Conceição (1954) Cordélia e o Peregrino (1965) Pobre Menina Rica (1962) Prosa: O Amor dos Homens (1960) Para Viver Um Grande Amor (1962) Para Uma Menina Com Uma Flor (1966)

RECEITA DA SEMANA - TORTA FÁCIL DE LIQUIDIFICADOR

 Olá amigos! Hoje é dia de receitinha!! Que tal fazer para aquele lanche super especial? Hummm! Deu água na boca?  Então anote aí os ingredientes!! Torta Fácil - de liquidificador Tempo de preparo: 25 minutinhos (rapidinho!!) Tempo para cozinhar : 40 minutos Ingredientes 3   ovos 1/4   de xícara   de chá de óleo, 1   e 1/2 xícara   de chá de leite, 200   ml   de creme de leite 2   xícaras   de chá de farinha de trigo, Sal 1   colher   de sopa de fermento em pó, 200   gr   de muçarela ralada   em fatias ou em cubos , 150   gr   de presunto ralado   em fatias ou em cubos, 1/2   xícara   de chá de milho verde Azeitonas e orégano para finalizar. Se você preferir pode adicionar cebolas em rodelas, ovos cozidos, ervilha ou misturinhas que gostar!! MODO DE PREPARO        Pré aqueça o forno em 200°C, Unte e enfarinhe uma assadeira média.  No liquidificador bata os ovos, o óleo, o leite, o creme de leite até misturar todos os líquidos bem, depois disso adicione a farinha, o fermento e o sal