Ponto do Saber - Uma viagem literária

Ponto do Saber - Uma viagem literária 

Inauguração do 3º  "Ponto de ônibus e de leitura" no Vale dos Lúcios

Reportagem exclusiva do Jornal Alecrim e Vitrine

     






    Nesta terça-feira, 15 de junho de 2021, estivemos na localidade do Vale dos Lúcios, interior de Teresópolis-RJ e acompanhamos a inauguração de mais um ponto de ônibus e de leitura, um projeto que une as várias formas de arte em um empreendimento que abraça a cultura teresopolitana. O projeto, idealizado pela APROLUC, Associação de Produtores Rurais do Vale dos Lúcios, junto a Rosana Martuchelli, reuniu a comunidade em prol de um trabalho que envolveu todos os participantes para o enaltecimento da cultura, da educação e da integração entre crianças e bairro, trazendo um colorido especial a linda região.
    O projeto, que estreou em março deste ano com a inauguração do primeiro espaço,  conta agora com três pontos de ônibus construídos passo a passo com ajuda da comunidade, trazendo assim uma maior valorização e cuidado com os locais. Livros foram doados e organizados com muito carinho pelos moradores da região que abraçaram o projeto. Cada edição dos Pontos do Saber trouxe uma novidade, a cada inauguração uma surpresa ainda mais bonita. A decoração vai desde a padronização dos pontos até a limpeza e conservação do local. Para isso, inclusive, moradores se voluntariaram e ainda, entrou em ação um outro projeto instituído pela Prefeitura Municipal de Teresópolis, o "Gari Comunitário" que, além de um cuidado todo especial, também gera emprego para os participantes.






     Assim nasce o "PONTO DO SABER", um ponto de ônibus e de leitura, onde as crianças da comunidade podem ler enquanto esperam o ônibus. As pessoas podem ler, doar, trocar livros, despertando nos moradores do Vale dos Lúcios o interesse pela leitura.
    Em cada uma das inaugurações estiveram presentes a comunidade e as autoridades teresopolitanas, como vereadores, secretários e nesta última, o prefeito Vinicius Claussen, cuja esposa, Paula Schutte, contribuiu pessoalmente para o projeto juntando-se ao voluntariado para a pintura e decoração do ponto, o que mostrou a valorização das artes manuais e visuais. 





   Para nós, do Jornal Alecrim, que valorizamos cada passo, mesmo que pequeno, em direção à cultura, à literatura e à educação, é um prazer fazer esta cobertura, pois nos traz esperanças de dias melhores, diante de tantos acontecimentos que passamos no país e no mundo. 
    Estiveram presentes, nesta edição, Paula Saldanha,  jornalista, apresentadora, escritora, ilustradora e ambientalista brasileira onde, com participação ativa no projeto também sorteou livros para os presentes, além de vídeos dos seus documentários. Paula Saldanha tornou-se referência da documentação e conscientização sobre as riquezas naturais, étnicas e culturais do Brasil, o que lhe rendeu prêmios e homenagens no país e no exterior.  Contamos também com a  presença dos escritores teresopolitanos, Cláudia Coelho e Gustavo Lucena, editores e representantes da Academia Teresopolitana de Letras, que doaram suas obras para abrilhantar junto aos diversos livros expostos nos locais.
    O Jornal Alecrim deseja a APROLUC e a toda a comunidade muito sucesso em seus projetos e que mais movimentos em prol da cultura, da arte e principalmente da literatura sejam apoiados e valorizados pela população teresopolitana e suas autoridades. 
    Acompanhe a cobertura completa no programa Vitrine na Teresópolis TV, canal 13 e nas redes sociais do Jornal Alecrim.









    

Comentários